Tratamento Específico

Embora não exista tratamento que leve à cura da doença, existem alguns medicamentos que podem modificar favoravelmente a evolução da esclerose múltipla, seja por sua atividade inflamatória, imunomoduladora ou imunossupressora.


Tratamento sintomático

Tão importante quanto o tratamento específico da doença, constitui-se a abordagem terapêutica dos sintomas como depressão, fadiga, espasticidade dentre outros.


Colabore com um dos maiores grupos de pesquisa em neurologia clínica do Brasil.

Acesse e Colabore

Colabore com um dos maiores grupos de pesquisa em neurologia clínica do Brasil.

Acesse e Colabore